Ainda este ano: Nhangau terá matadouro de crocodilos

Arranca ainda este ano, no posto administrativo de Nhangau, arredores da cidade da Beira, a construção de um matadouro de crocodilos. Neste momento, estão em curso contactos com as autoridades nacionais para a sua credenciação.

O facto foi revelado ao nosso Jornal pela administradora da Associação Agro-pecuária (AGRIPEC), Zita Guimarães, que explicou que se pretende com a iniciativa apostar na exportação da carne deste réptil.

Segundo Zita Guimarães, o futuro matadouro deverá ter capacidade de abate de 200 crocodilos por dia.

Além da carne, está também prevista a exportação de seis a sete mil peles do réptil ainda este ano da Beira para Itália, Coreia do Sul e Portugal.

Em relação ao ano passado, Zita Guimarães revelou que foram colocadas naqueles mercados mais de cinco mil peles de crocodilos.

Zita revelou ainda que a AGRIPEC projecta exportar a carne de crocodilo também para Ásia, preferencialmente a China, processo que está actualmente apenas dependente da emissão de uma licença pelos Serviços Provinciais de Veterinária.

A administradora da AGRIPEC assegurou que a sua associação tem capacidade de exportar anualmente entre 30 e 50 toneladas de carne de crocodilo, sobretudo a sua cauda, pois conta com mais de 27 mil crocodilos e 5328 ovos expostos em cerca de 30 pavilhões instalados no posto administrativo de Nhangau.

Para incrementar essa capacidade, revelou que a associação tem uma meta anual de recolha de 2000 ovos, operando, para tal, ao longo do rio Zambeze, concretamente nos distritos de Chemba, Caia e Marromeu, onde incentiva as comunidades ribeirinhas acapturarem os bichos e recolherem seus ovos. Crocodilos “mansos”

Zita Guimarães aproveitou a ocasião para tranquilizar que os crocodilos criados em Nhangau já não constituem perigo para o homem, graças à experiência de “convivência” adquirida pelos respectivos técnicos no vizinho Zimbabwe.

A administradora da AGRIPEC fez esta afirmação em reacção à captura, há dias, de um crocodilo na zona da Manga.

Garantiu ainda que todos os animais daquela espécie na sua estância turística estão protegidos e dentro de um muro de vedação.

fonte: https://www.jornalnoticias.co.mz/index.php/beira/101396-ainda-este-ano-nhangau-tera-matadouro-de-crocodilos

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.