Gaza imuniza mais de dois milhões de animais

A PROVÍNCIA de Gaza perspectiva vacinar, este ano, mais de dois milhões de animais domésticos contra doenças como carbúnculos hemático e sintomático, febre aftosa, brucelose, dermatoses nodulares, newcastle e raivas.

A informação foi avançada pela governadora desta província, Margarida Mapandzene Chongo, no lançamento da campanha de vacinação de animais que teve lugar, sábado (10), no distrito de Guijá e que decorre sob o lema “campanha de vacinação animal, em defesa da saúde pública e da economia”.

Nesta campanha, espera-se que 522.792 bovinos sejam imunizados contra o carbúnculo hemático, 172.521 contra carbúnculo sintomático, 508.149 contra febre aftosa, 43. 067 contra a dermatose nodular, 31.368 e contra a Brucelose Bovina, enquanto que 30.000 cães e gatos serão vacinados contra a raiva e 1.401.562 galinhas receberão doses para combater a doença de Newcastle.

Para a  governadora de Gaza, a vacinação anual de animais é uma das principais apostas do Governo no presente Mandato (2020-2024), para a prevenção e controlo de doenças que afectam os animais e/ou são transmitidas por estes ao Homem.

O lema deste  ano sugere-nos a importância da vacinação dos animais em defesa da saúde pública, pois a boa saúde animal tem implicações positivas na saúde da população, bem como a transformação desta riqueza viva na promoção e desenvolvimento da economia”, explicou Margarida Mapandzene Chongo.

Entretanto, as autoridades da pecuária em Gaza continuam preocupadas com a propagação de doenças transmitidas por caraças, que têm afectado esporadicamente alguns distritos, não obstante a província estar neste momento numa situação estável.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.